Pular para conteúdo

TIM - Relações com Investidores

COMUNICADO AO MERCADO

MIGRAÇÃO PARA O NOVO MERCADO,
RESULTADO DO EXERCÍCIO DO DIREITO DE RECESSO e
TRATAMENTO DAS FRAÇÕES DE AÇÕES

A administração da TIM Participações S.A ("Companhia"), vem a público, em atendimento ao disposto no §4º do artigo 157 da Lei nº 6.404/76, conforme alterada ("Lei das S.A.") e na Instrução CVM nº 358/02, informar aos seus acionistas, ao mercado em geral e demais interessados o que se segue.

No dia 22 de junho de 2011, foi deliberado em Assembleia Geral Extraordinária ("AGE") da Companhia: (1) o ingresso da Companhia no segmento especial de listagem denominado Novo Mercado da BM&FBOVESPA – Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros S.A. ("BM&FBOVESPA "); (2) a conversão da totalidade das ações preferenciais em ações ordinárias da Companhia na proporção de 0,8406 ação ordinária de nova emissão da Companhia, para cada ação preferencial; e (3) a reforma integral do Estatuto Social da Companhia, com o objetivo de (i) adaptá-lo às determinações do Regulamento do Novo Mercado da BM&FBOVESPA; (ii) atualizar os limites e a fixação de competências sobre a contratação de operações pela Companhia que dependem de prévia autorização da Assembleia Geral, do Conselho de Administração e/ou da Diretoria, conforme o caso, a fim de adequá-los à atual dimensão da Companhia e às alterações da legislação aplicável (notadamente a edição da Medida Provisória n° 517 de 30 de dezembro de 2010); e (iii) atualizar a redação do Estatuto Social com vistas à adoção de melhores práticas de governança corporativa. Nos termos do artigo 136 § 1º da Lei das S.A. a deliberação mencionada no item "(2)" acima foi ratificada pela Assembleia Especial de Preferencialistas realizada na mesma data da AGE ("AESP").

Resultado do exercício do direito de recesso

Considerando que no dia 26 de julho de 2011 encerrou-se o prazo para que os acionistas titulares de ações preferenciais da Companhia manifestassem sua dissidência com relação à deliberação tomada na AESP, a Companhia informa que: (i) a administração não irá exercer a faculdade prevista no § 3º do artigo 137 da Lei das S.A., restando plenamente aprovadas as deliberações tomadas na AGE e AESP; e (ii) os pagamentos aos acionistas titulares de ações preferenciais dissidentes das deliberações da AESP que exerceram o direito de recesso serão efetuados no dia 3 de Agosto de 2011, nos termos indicados no Aviso aos Acionistas publicado em 23 de junho de 2011.

A Companhia informa ainda que apenas 1 (um) acionista, titular de 84.300 ações preferenciais representando 0,0052% das ações preferenciais e 0,0034% do capital social total da Companhia, exerceu o direito de recesso e que conforme indicado no Aviso ao Mercado publicado pela Companhia o valor de reembolso calculado pelo valor de patrimônio líquido constante do balanço da Companhia levantado em 31 de dezembro de 2010 é de R$ 4,1628 por ação.

Início da negociação das Ações da Companhia no Novo Mercado

Considerando as deliberações tomadas pela AGE e AESP mencionadas acima, a Companhia informa que: (i) 02 de agosto de 2011 será o último dia de negociação das ações preferenciais (TCSL4), cujo código de negociação será cancelado e 04 de agosto de 2011 o último dia de negociação dos certificados de depósito representativos de ações preferenciais (American Depositary Receipts)de emissão da Companhia na Bolsa de Valores de Nova Iorque (New York Stock Exchange); (ii) a partir de 03 de agosto de 2011 a Companhia somente possuirá ações ordinárias negociadas no Novo Mercado da BM&FBOVESPA, por meio do código "TIMP3" e a partir do dia 05 de agosto de 2011 somente possuirá certificados de depósito representativos de ações ordinárias (American Depositary Receipts)de emissão da Companhia na New York Stock Exchange; e (iii) adicionalmente, a partir de 03 de agosto de 2011, o novo Estatuto Social da Companhia, no que tange aos assuntos relacionados à migração para o Novo Mercado, passará a vigorar em sua integralidade, conforme aprovado na referida AGE.

Tratamento das frações de ações para acionistas não dissidentes

Conforme tratado na AGE, acima referida, apenas quantidades inteiras de ações ordinárias de emissão da Companhia serão entregues aos detentores de ações preferenciais não dissidentes. As frações de ações ordinárias decorrentes da conversão serão pagas em moeda nacional corrente, no dia 12 de agosto de 2011, pelo mesmo preço de reembolso dos acionistas dissidentes, o qual, calculado pelo valor de patrimônio líquido constante do balanço da Companhia levantado em 31 de dezembro de 2010, é de R$ 4,1628 por ação.

A Companhia continuará a informar o mercado de todos os procedimentos da implementação das regras do Novo Mercado à sua estrutura de governança corporativa por meio de seu site de Relações com Investidores - http://www.tim.com.br/ri.

Rio de Janeiro (RJ), 28 de julho de 2011.

TIM PARTICIPAÇÕES S.A.


Claudio Zezza
CFO e Diretor de Relações com Investidores

Copyright TIM S.A. 2020 - Todos direitos reservados.