Perguntas Frequentes

A Telecom Itália Móbile S.p.A. (TIM), é o braço do Grupo Telecom Itália voltado a serviços avançados nos segmentos de telefonia móvel celular, sendo uma das maiores empresas do setor no mundo.

A TIM iniciou suas operações no mercado brasileiro em 28 de março de 1998, em Salvador.

A TIM esta presente em todos os estados brasileiros.

Governança Corporativa pode ser definida como o esforço contínuo em alinhar os objetivos da administração das empresas aos interesses dos acionistas. Isso envolve as práticas e os relacionamentos entre os acionistas, o Conselho de Administração, a Diretoria, um Conselho Fiscal ou até mesmo uma Auditoria Independente. A boa governança corporativa permite uma administração ainda melhor e a monitoração da direção executiva da empresa. A empresa que opta pelas boas práticas de governança corporativa adota como linhas mestras transparência, prestação de contas (accountability) e eqüidade. Em Agosto de 2011 a TIM passou a ser a única operadora de telecomunicações comprometida com o mais alto nível de governança corporativa da Bovespa, o Novo Mercado.

Clique aqui para maiores detalhes.

Clique aqui para maiores esclarecimentos sobre o mais alto nível de governança corporativa da Bovespa.

Ações ordinárias têm direito a voto nas Assembléias Gerais da Companhia. Os acionistas que possuem ações preferenciais não têm direito a voto, exceto quando se tratar da celebração de contratos de longo prazo entre a Companhia ou suas controladas e as reformas estatutárias especificadas no parágrafo único do Artigo 13 do Estatuto Social. No entanto, os preferencialistas têm direito a dividendos mínimo de 6% do capital social pertinente as preferenciais ou 3% do valor do patrimônio líquido por ação, o que for maior. As ações preferenciais adquirirão direito a voto se a Companhia, por um prazo de 03 (três) anos consecutivos, deixar de pagar os dividendos mínimos. Desde a migração para o Novo Mercado, a TIM possui apenas ações ordinárias (ON) com o ticker TIMP3.

Conforme deliberação dos acionistas nas Assembléias Gerais Extraordinárias realizadas em 19 e 30 agosto de 2004, foi aprovada a incorporação Tele Nordeste Celular Participações S.A., - TND, pela TIM Participações S.A., – TSU, antiga Tele Celular Sul Part. S.A.

Como conseqüência de tal incorporação a TND foi extinta e seus acionistas receberam ações da TSU. A TIM Nordeste Telecomunicações S.A., a qual era controlada pela TND, passou a ser controlada pela TSU, juntamente com a TIM Sul S.A.

TND e TSU acreditam que a incorporação lhes permitirá:

integrar as operações da TSU e da TND, que pertencem ao mesmo grupo de sociedades; reduzir custos administrativos em conseqüência da integração das operações da TSU e da TND; maior transparência no mercado de capitais através da consolidação das informações financeiras da TSU e TND; melhorar o acesso a capital, com base em um balanço mais forte da sociedade remanescente; eliminar os custos associados à manutenção de duas diferentes sociedades, à necessidade de publicações da TND, e à listagem separada dos valores mobiliários da TND; e dar a você valores mobiliários que, esperam ter maior liquidez no mercado do que os valores mobiliários detidos atualmente.

A incorporação resultou na relação de troca da ordem de 0,9261 ação ordinária de emissão da TSU para cada 1,000 (uma) ação ordinária da TND, sendo a mesma relação válida para os detentores de ações preferenciais.

Os acionistas da TND que não possuíam número de ações necessário para perfazer, no mínimo, uma ação da TSU, tiveram seus direitos preservados, de modo que pudessem se tornar acionistas da TSU, sociedade sucessora da TND, caso tenham manifestado sua intenção, através de notificação por escrito, enviada à TSU, até o dia 04/10/2004 (no prazo de 30 contados a partir da publicação da ata da Assembléia Geral Extraordinária da Incorporadora que aprovou a operação). Em relação aos demais acionistas da TND, após a troca por ações de emissão da TSU, as frações de ação foram agrupadas e vendidas na Bolsa de Valores de São Paulo (“Bovespa”), a preço de mercado e o valor líquido apurado foi pago proporcionalmente aos aludidos acionistas dentro de 60 dias.

A partir do pregão do dia 11 de outubro de 2004, os papéis da Tele Celular Sul Participações S.A. passaram a ser negociados sob a nova denominação, TIM Participações S.A., sendo que o nome de pregão passou a ser TIM PART SA, permanecendo o código de negociação TCSL3 para as ações ordinárias e TCSL4 para as preferenciais. Em agosto de 2011, a TIM aderiu ao mais alto nível de governança corporativa da BM&F Bovespa, o Novo Mercado, e passou então a negociar apenas ações ordinárias com o ticker TIMP3 na Bovespa e ADR's (American Depositary Receipts) na NYSE (New York Stock Exchange).

Copyright TIM Celular 2015 - Todos direitos reservados.

imgCapctha