Glossário

Ação - É um título de renda variável, emitido por companhias ou sociedades anônimas, que representa a menor fração do capital da empresa que a emitiu. O investidor em ações é um co-proprietário da sociedade da qual é acionista e participa de seus resultados, podendo converter as ações em dinheiro a qualquer momento, através da negociação no mercado balcão ou na Bolsa de Valores.

Ação Escritural - Ação nominativa de uma Companhia, que não é representada por certificado e funciona como uma conta corrente, onde os valores são lançados a crédito ou débito, não havendo movimentação física desse documento.

Ação listada em bolsa - Ação negociada em bolsa de valores.

Ação ordinária (ON) - Confere ao acionista direito de voto em assembléias gerais da Companhia. Na distribuição dos dividendos da Companhia, seus proprietários só recebem sua parcela correspondente depois que os proprietários das ações preferenciais tenham recebido suas parcelas.

Ação preferencial (PN) - Garante aos acionistas a prioridade no recebimento de dividendos (geralmente em percentual mais elevado que o atribuído para as ações ordinárias) e no reembolso do capital, no caso de dissolução da Companhia.

Ação vazia (ex) - Ação cujos direitos já foram exercidos. Estes direitos podem ser: dividendos, bonificação e subscrição.

Acionista - Quem possui ações de uma sociedade anônima.

Acionista majoritário - Aquele que detém o controle acionário de uma Companhia.

ADR - American Depositary Receipt - Recibos de ações negociadas no mercado de capitais dos EUA, para empresas não sediadas no país. O ADR foi criado com o objetivo de possibilitar o acesso ao mercado de capitais dos EUA para empresas estrangeiras. Existem três níveis de ADR, cada um com exigências crescentes de transparência e adequação às normas norte-americanas. O ADR - Nível I é o que tem menor nível de exigências e é negociado no mercado de balcão norte-americano (denominado OTC - Over the Counter). Os ADRs - Nível II são negociados nas bolsas de valores dos EUA. Cabe ressaltar que neste dois primeiros níveis não há um lançamento de ações novas. E, finalmente, o ADR - Nível III que possui o mesmo grau de exigência do ADR - Nível II, contudo há captação de recursos, pois é lastreado em ações novas.

Anatel - (Agência Nacional de Telecomunicações) - Órgão regulador do mercado de telecomunicações no Brasil. Responsável por promover o desenvolvimento das telecomunicações do País, de modo a dotá-lo de uma moderna e eficiente infra-estrutura, capaz de oferecer à sociedade serviços adequados, diversificados e a preços justos, em todo o território nacional. http://www.anatel.gov.br

ARPU - Receita Média por Usuário - Receita média mensal por Usuário.

Aumento de capital - Incorporação de novos recursos ou reservas ao capital da Companhia.

Autorização - Prestação de serviços através do sistema privado.

Balancete - Demonstrativo contábil dos valores do ativo, passivo e Patrimônio Líquido de uma Companhia. Refere-se apenas à parte do período do exercício social.

Balancete Trimestral - Balanço parcial das principais contas de uma Companhia. É um demonstrativo contábil dos valores do ativo, passivo e patrimônio Líquido de uma Companhia, divulgado trimestralmente para as Bolsas de Valores, CVM (Comissão de Valores Mobiliários) e Bacen.

Balanço - Demonstrativo contábil dos valores do ativo, passivo e do patrimônio líquido de uma Companhia. Refere-se a um exercício social completo.

Banco Custodiante (ADRs) - O Banco Custodiante é responsável pela emissão, cancelamento, venda, recompra, resgate e reavaliação dos ADRs, recolhimento e distribuição de direitos aos detentores de ADRs e controle das operações de câmbio associadas ao programa de ADRs.

Banco Depositário (ADRs) - Banco baseado nos Estados Unidos responsável por todos os serviços de emissão e transferência de ações para um programa de DR (Depositary Receipts). É responsável por todo o serviço aos acionistas, seu cadastro, controle e também pelo pagamento de dividendos em dólares.

BNDES - (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) - O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social - BNDES é uma empresa pública federal vinculada ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, que tem como objetivo financiar a longo prazo os empreendimentos que contribuam para o desenvolvimento do país. Objetiva, também, a comercialização de máquinas e equipamentos e o financiamento à exportação, além do fortalecimento da estrutura de capital das empresas privadas e o desenvolvimento do mercado de capitais.

Desde a sua fundação, em 21 de junho de 1952, o BNDES vem financiando os grandes empreendimentos industriais e de infra-estrutura, tendo marcante posição no apoio aos investimentos na agricultura, no comércio e serviço e nas micro, pequenas e médias empresas. Apoia os investimentos sociais direcionados para a educação e saúde, agricultura familiar, saneamento básico e ambiental e transporte coletivo de massa. www.bndes.gov.br

Bolsa de Valores - Associação civil sem fins lucrativos onde se negociam títulos e valores mobiliários. Seus principais objetivos são: manter local ou sistema de negociação eletrônico adequados para que ocorram as transações de compra e venda de títulos e valores mobiliários; preservar elevados padrões éticos nas negociações; fazer a divulgação das operações realizadas com rapidez e detalhes.

Bolsa em alta - Quando o índice de fechamento do pregão é superior ao índice de fechamento do dia anterior.

Bolsa em baixa - Quando o índice de fechamento do pregão é inferior ao índice de fechamento do dia anterior.

Bolsa estável - Quando o índice de fechamento do pregão se mantém no mesmo patamar do índice de fechamento do dia anterior.

BOVESPA - Bolsa de Valores de São Paulo.

Capital aberto - Quando o capital de uma sociedade anônima é representado por ações que podem ser negociadas nas Bolsas de Valores. Este, por sua vez, é dividido entre vários acionistas.

Carteira de ações ou títulos - Conjunto de ações ou títulos de propriedade de pessoas físicas e jurídicas.

CBLC - (Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia) - Sociedade anônima com capital fechado, com sede em São Paulo, que presta serviços de compensação, liquidação e controle de risco das operações. A CBLC também presta o Serviço de Custódia Fungível de ativos e administra o Banco de Títulos CBLC - BTC. É uma organização auto-reguladora, supervisionada pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Chamada Enviada - Clientes da TIM fazem chamada para assinantes de outras operadoras de telecomunicações.

Chamada Recebida - Chamada feita por um assinante de outra operadora de serviços de telecomunicações para um cliente da TIM.

Comissão de Valores Mobiliários (CVM) - Órgão federal que disciplina e fiscaliza o mercado de valores mobiliários. Foi criada através da Lei (6385/76) para disciplinar o funcionamento do mercado de valores mobiliários e a atuação dos participantes (companhias abertas, intermediários financeiros e investidores).

Concessão - Prestação de serviços através do sistema público.

Conselho Fiscal - Sua função é a de fiscalizar a situação financeira da Companhia. O conselho fiscal possui no mínimo três membros efetivos e três suplentes não ligados à Companhia.

Corretor - Quem intermedia a compra e venda de títulos.

Corretoras - São instituições financeiras credenciadas pelo Banco Central e membros das bolsas de valores ou de futuros. Estão habilitadas a negociar valores mobiliários ou contratos futuros em pregão.

Cotação - Preço dos títulos, ações, moedas estrangeiras ou mercadorias.

Cotação de Abertura - Primeira cotação no dia de uma ação registrada no pregão de uma Bolsa de Valores.

Cotação de Fechamento - Último preço no dia de uma ação registrada no final de um pregão.

Cotação Máxima - Cotação máxima no dia atingida por uma ação registrada durante o pregão de uma Bolsa de Valores.

Cotação Média - Cotação Média diária de uma ação registrada durante o pregão de uma Bolsa de Valores.

Cotação Mínima - Cotação Mínima diária atingida por uma ação registrada durante o pregão de uma Bolsa de Valores.

Debêntures - Títulos emitidos por uma sociedade anônima, para captar recursos, visando financiamento de projetos de investimento ou alongamento do perfil de endividamento das empresas. O rendimento de cada debênture depende das condições particulares de cada emissão.

Disclosure - Quando uma empresa divulga informações, facilitando a tomada de decisão do investidor e aumentando sua proteção.

Dividendo - Direito que o titular de uma empresa tem de participar dos lucros dessa empresa. Esta participação varia em função da quantidade de ações possuídas. De acordo com os resultados obtidos pela empresa em determinado período, um percentual a ser definido na Assembléia Geral Ordinária será pago aos acionistas, sob a forma de dividendos.

EBITDA (Earnings Before Interest, Taxes, Depreciation and Amortization) - Desempenho operacional do caixa da companhia no período, sem contabilizar, juros, depreciação, amortização e impostos.

GSM (Global System for Mobile Communications) - Serviço móvel celular digital, um sistema que armazena e codifica os dados do celular, como ligações e dados do usuário, permitindo o reconhecimento de um assinante em qualquer país a partir da rede GSM. O GSM foi adotado como padrão Europeu em meados dos anos 80 e introduzido comercialmente em 1992, operando na faixa de freqüência 935-960 MHz para recepção e 890-915 MHz para transmissão. O sistema possui uma arquitetura aberta, o que permite a combinação de equipamentos de diferentes fabricantes, possibilitando assim a manutenção de preços baixos. Os investimentos em infra-estrutura mundial GSM já implantada ultrapassam US$ 50 bilhões, e atingem mais de 57 milhões de assinantes distribuídos em 98 países, sendo que 45 milhões de assinantes se concentram somente na Europa Ocidental (23 países). O GSM é hoje o padrão mais popular implementado mundialmente.

IBOVESPA - índice que acompanha a evolução média das cotações das ações negociadas na Bovespa - Bolsa de Valores de São Paulo.

IGP-DI - índice Geral de Preços - Disponibilidade Interna. Pesquisado pela Fundação Getulio Vargas, é a média ponderada de preços do mês no mercado de produtos nacionais no atacado, consumo e construção civil. Este índice é formado por: índice de Preços no Atacado (IPA), com peso de 60%; Preços ao Consumidor (IPC), com peso de 30%, no Rio e SP; e Construção Civil (INCC) com peso de 10%.

IGP-M – índice Geral de Preços - Pesquisado pela Fundação Getulio Vargas, é o índice que mede a variação de preços no mercado nacional e produtos importados de atacado, de consumo e construção civil. Formado pela soma ponderada do IPA - índice de Preços ao Atacado, com peso de 60%; IPC - índice de Preço ao Consumidor, com peso de 30%; e INCC - índice Nacional de Construção Civil, com peso de 10%. A pesquisa de preços é realizada entre os dias 21 de um mês e 20 do mês seguinte.

MOU (Minutos de Uso) - Média mensal de minutos de uso por cliente.

NYSE (New York Stock Exchange) - Bolsa de Valores de Nova Iorque. A maior e mais importante bolsa de valores do mundo. Também conhecida como Big Board, é auto-regulada por um conselho de 20 membros que acompanha e regula as atividades comerciais de mais de 3.000 empresas, norte-americanas e estrangeiras.

Overlay - Sobreposição de redes de telefonia celular

Passivo - O passivo compreende todas as obrigações e dívidas de uma empresa.

Patrimônio - Conjunto de bens e direitos de uma pessoa ou empresa

Protocolo de Compromisso das Operadoras de Telefonia Celular - Adotado pela Anatel e pelas operadoras brasileiras de telefonia celular em 1999, criando metas de qualidade e tarifas.

RTM - Rede de Transporte de Mensagens - Comunicação através do envio de mensagens, feita via Internet. Serviço utilizado por clientes corporativos.

SAC - (Custo de Aquisição por Assinante) - É o valor médio despendido pela Companhia para conquistar um novo cliente.

Securities and Exchange Commission - A Securities and Exchange Commission é um órgão que regulamenta, controla e supervisiona o mercado americano, com o objetivo primário de proteger o investidor e manter a integridade do mercado de títulos e valores mobiliários dos EUA.

SMC - (Serviço Móvel Celular) - Serviço de telecomunicações móvel terrestre, aberto à correspondência pública, que utiliza sistema de radiocomunicações com técnica celular, interconectado à rede pública de telecomunicações, e acessado por meio de terminais portáteis, transportáveis ou veiculares, de uso individual. O SMC é um serviço prestado em regime público (concessão).

SMP - (Serviço Móvel Pessoal) - O SMP é um serviço caracterizado por possibilitar a comunicação entre estações de uma mesma Área de Registro do SMP ou acesso a redes de telecomunicações de interesse coletivo. É um serviço criado pela Anatel, em junho de 2000, para comunicações móveis, operando numa nova faixa de freqüência, a de 1,8 GHz. Com o SMP as prestadoras deixaram de prestar serviços em regime público (concessão) e passam a atuar em regime privado (autorização), obtendo os benefícios previstos na regulamentação, como a liberdade para fixar preços e a possibilidade de promover fusões e incorporações antes mesmo do prazo de cinco anos fixados pela legislação em vigor.

SMS - (Short Message Service) - SMS é a sigla em inglês para "serviço de mensagens curtas". Através deste serviço os usuários de telefonia celular podem receber em seu aparelho diversos tipos de informação através de uma mensagem de texto. Mais do que uma funcionalidade, o SMS é atualmente o modelo de negócio com maior dinamismo dentro do setor de telecomunicações móveis sem fio. Originalmente, o SMS restringia-se àpossibilidade de enviar através das redes GSM mensagens de texto com até 160 caracteres de extensão. Com a popularização do serviço, o incremento no seu uso foi exponencial, sendo estimado o número de envios mensais de SMS a nível mundial na cifra de 30 bilhões no início de 2002, existindo estimativas de que este valor ascenda a 70 bilhões num prazo de 4 anos. Do simples envio de texto e da funcionalidade de alerta para a existência de mensagens de voz - e de sistema complementar de apoio ao cliente com o envio dos valores relativos à faturamento, etc. - o SMS evolui progressivamente para a possibilidade de envio de logotipos, imagens e melodias. Da mesma forma que a chegada do SMS eclipsou os serviços de paging, é de se esperar que a chegada da terceira geração móvel e a evolução do conceito para o EMS (Enhanced Messaging Service) e deste para o MMS (Multimedia Messaging Service) abram novas perspectivas de utilização e exploração comercial de novos serviços.

Sociedade Anônima - Empresa que tem o capital dividido em ações.

SPVS - (Sociedade de Pesquisa em Vida Selvagem e Educação Ambiental) - A SPVS é uma entidade não governamental de utilidade pública e sem fins lucrativos com sede em Curitiba e três reservas naturais localizadas no litoral norte do Paraná, onde desenvolve seus projetos. Criada em 1984, a SPVS atua em atividades de pesquisa, de educação ambiental, recuperação de áreas degradadas, proteção de espécies em extinção, participação comunitária e intercâmbio de informação. Todas as ações da entidade são desenvolvidas em parceria com instituições públicas e empresas privadas. A SPVS já executou mais de uma centena de projetos em 8 Estados brasileiros. http://www.spvs.org.br/.

Subscrição - Quando uma empresa lança novas ações no mercado, para que possa obter os recursos necessários para o investimento.

TDMA - (Acesso Múltiplo por Divisão de Tempo) - Método de transmissão em redes móveis em que cada canal ocupa um intervalo de tempo distinto na mesma freqüência, enquanto durar a comunicação designada para aquele canal. Permite o acesso simultâneo de um grande número de usuários. O TDMA permite implementação em faixa estreita e faixa larga. No TDMA faixa larga, toda ou grande parte da banda disponível é alocada a cada usuário por determinado intervalo de tempo, denominado slot. Em cada slot de tempo apenas um usuário terá acesso a toda (ou grande parte) da banda. No TDMA faixa estreita, o usuário tem acesso a uma pequena porção da banda por determinado intervalo de tempo (slot). Logo, uma única portadora é compartilhada em vários slots de tempo, ou seja, é compartilhada por vários usuários, cada qual em seu instante determinado.

TIMChip - O TIMChip é um chip que centraliza a inteligência da tecnologia, como se possuísse um pequeno computador dentro de seu celular. O cliente perde a dependência do aparelho, já que todas as informações e serviços adquiridos pelo usuário ficam armazenadas no TIMChip. O TIMChip oferece alto nível de segurança: evita a clonagem e escutas indevidas; e em uma troca de aparelho os dados serão mantidos, inclusive a agenda telefônica.

US GAAP - (United States Generally Accepted Accounting Principles). São as normas de contabilidade conhecidas e utilizadas nos Estados Unidos da América, e que devem ser seguidas por todas as empresas de outros países que quiserem negociar suas ações e/ou títulos em Bolsas de Valores dos EUA.

Volatilidade - Indica o grau médio de variação das cotações de um título em um determinado período.

Copyright TIM Celular 2015 - Todos direitos reservados.

imgCapctha